• RSS
  • Facebook
  • Twitter
  • Linkedin

Porquê as sebes?

As sebes podem ter diversas funções, nomeadamente na protecção contra ventos e pó (pode limitar a acção dos auxiliares), contra tratamentos em parcelas vizinhas, contra a erosão, servem também de fonte de alimento, de abrigo e reservatórios a auxiliares e são óptimas para estes insectos completarem o seu ciclo de vida… onde se abrigam de práticas menos adequadas… que por vezes fazemos.

Estas estruturas podem-se encontrar no meio das culturas ou na sua margem, podem ser hospedeiros de pragas ou pelo contrário, servirem de fonte de alimento a auxiliares. Quando localizadas em valas de drenagem podem aumentar o nível de protecção do solo, reduzindo o escoamento superficial e a drenagem rápida de nutrientes para  as águas superficiais e subterrâneas.

Como Escolher?

Deve, primeiro de tudo avaliar qual a função que quer dar à sua sebe. Para Protecção? Quer para abrigar auxiliares? Só por motivos estéticos?

Consoante a função deve, de seguida, dar importância à característica da própria sebe. A resistência à secura e ao sol, o porte, de folha caduca (cai a folha) ou perene (mantém a folha todo o ano), dá fruto ou não e época de floração, são características importantes na escolha das espécies a instalar…Aahh, já agora evite espécies da mesma família botânica da cultura, evitando assim o efeito “hospedeiro” de pragas e/ou doenças que possam afectar a própria cultura.

Importante também é de evitar coincidir períodos de floração da sua sebe com a da cultura, principalmente as que são sensíveis ao fenómeno da polinização como o tomate, o melão, as cerejeiras etc…

A sebe deve apresentar uma largura mínima de 3 metros, de elevada biodiversidade e acompanhada de bandas florais junto à base para facilitar a transferência de fauna à cultura e… se possível, transversal aos ventos dominantes e às linhas da cultura.

Algumas Espécies…

Eu prefiro as variedades autóctones, pois estão adaptadas à região. Dê uma olhadela pela vegetação da sua região, pelos baldios, encontrará muitas espécies que pode instalar na sua horta… aproveite e multiplique-as por estacaria… terá uma sebe num instante.

Folhado (Viburnum tinus), Roseira de pés glandulosos (Rosa pouzinii), Roseira brava (Rosa canina), Pilriteiro (Crataegus monogyna), Loendro (Nerium oleander), Pereira brava (Pyrus burgaeana), Tamujo (Flueggea tinctoria), Freixo (Fraxinus angustifolia), Medronheiro (Arbutus unedo), Estevinha (Cistus salvifolius), Murta (Myrtus communis), Lentisco (Pistacia lentiscus), Espinheiro preto (Rhamnus oleoides), Carrasco (Quercus coccifera), Lentisco bastardo (Phillyrea angustifolia), Rosmaninho (Lavandula pedunculata) e Roselha pequena (Cistus crispus) são algumas espécies perfeitamente adaptadas à região mediterrânica e outras mais existem basta para tal estar atento à vegetação da sua região.


Check IT - Uma App para Ajudar na Sua Ho

Check It é uma App da Yara (fertilizantes) que vale ...

Onde Guardar as tuas Sementes...?

Pois é ... está na altura de recolher e guardar ...

Quando Deves Plantar Morangos...?

Queres plantar morangos na tua horta? Então... Antes de pores mãos-à-obra ...

Check IT - Uma App para Ajudar na Sua Ho

Check It é uma App da Yara (fertilizantes) que vale ...

Sabes Quando Tens o Composto Maduro?

Por vezes acontece termos o composto já maduro e continuamos ...

O Que Colocar na Pilha de Compostagem

Sabes o que podes Colocar na Pilha de Compostagem...? Sabias que ...